Fonte: www.itaucultural.org.br

NASCIMENTO/MORTE
1916 - Goiás Velho GO
1988 - Goiás GO - 22 de abril

LOCAIS DE VIDA
1934/1937 - Rio de Janeiro RJ
1937/1943 - São Paulo SP
1943 - Goiás GO

ATIVIDADES EM ARTES VISUAIS
Ilustrador, Gravador, Ceramista
1928c. - Goiás GO - Aprende a pintar autodidaticamente quando, já na infância, retratava cena de ex-votos para os romeiros das festas de Trindade
1934 - Rio de Janeiro RJ - Trabalha como colaborador e ilustrador da revista Vida Doméstica
1943 - Goiânia GO - Colabora com revistas e jornais realizando ilustrações em xilogravura
1960c. - Goiânia GO - Professor de Pintura e Cerâmica no curso de extensão universitária da Escola de Artes Plásticas

ATIVIDADES OUTRAS
s.d. - Goiânia GO - Escreve o livro Casos e Lendas de Vila Boa e figura na Antologia do Conto Goiano, organizada por Miguel Jorge, Anatole Ramos e Luís Fernando Valadares
1937 - São Paulo SP - Revisor do jornal O Estado de S. Paulo



ESCOLAS/MOVIMENTOS
Figurativo: Primitivo

GÊNEROS/TENDÊNCIAS
Paisagem, Pintura de gênero




TEXTOS CRÍTICOS

"Figura popular em sua cidade natal, vem realizando uma pintura realista, formalmente ingênua, e de colorido bem dosado, onde retrata a iconografia goiana. E o temário adquire vida e alegria com a passagem das boiadas e dos boiadeiros e sua tropa. Nesses momentos consegue transmitir, com paz e serenidade, a alma da lendária Goiás. "

Aline Figueiredo

in FIGUEREDO, Aline. Artes Plásticas no Centro-Oeste. Aline Figueredo. Cuiabá, UFMT, MACP, 1979. Bibliografia.



"Verdadeiro naif. Há em sua arte muito de ex-votos populares. Azuis, verdes e brancos luminosos. De realismo mágico que só o habitat vilaboense é capaz de transmitir. Convencido de ser indispensável à criação, a intenção de sempre melhorar, nesta avidez de conhecimento caracterizadora do autodidata, impulso natural dos ingênuos no desejo de pintarem como os eruditos, tentando a correção de desenho, as nuanças do claro-escuro e a aplicação das regras de perspectiva (...) Aliado ao rudimentar da técnica, esse misto de ingenuidade e erudição confere às suas telas especial valor artístico. Sistemática: paisagens da antiga capital, quase miniaturas, as velhas igrejas, a cadeia transformada em museu, o chafariz, o poço do Bispo; sabe figurar no primeiro plano gente simples, gente do povo, seus irmãos, mulher com pote d´água na cabeça, homem tocando o burrinho carregado de pau de lenha, menino vendendo bolo de arroz. E mais, a explosão das cores, a figuração dos detalhes, a estrutura funcional da representação pictórica da sua realidade, constituem o seu mundo de beleza espontânea, ingênua, pura. Fiel em essência a si mesmo, pintando há cerca de 40 anos por necessidade irreprimível de expressão cromática, Octo Marques é quase figura de lenda da Cidade de Goiás. Modesto. Humilde. Muito bom. Bom demais da conta; é o tipo humano do artista. Também a sua arte. "

Aloísio de Sá Peixoto

in FIGUEREDO, Aline. Artes Plásticas no Centro-Oeste. Aline Figueredo. Cuiabá, UFMT, MACP, 1979. Bibliografia.

Exposições realizadas
  • EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

  • 1967 - Goiânia GO - Individual, na Galeria Azul

  • EXPOSIÇÕES COLETIVAS

  • 1946 - Goiânia GO - 2ª Exposição de Pintura, Escultura e Arquitetura, na Sociedade Pró-Arte de Goiás

  • 1947 - Goiânia GO - 3ª Exposição de Pintura, Escultura e Arquitetura, na Sociedade Pró-Arte de Goiás

  • 1970 - Goiás GO - Arte Popular da Cidade de Goiás

  • 1975 - Goiânia GO - Noite de Artes, no Palácio das Esmeraldas

  •   
      :: Conheça as obras do artista